Minha Vida Colorida sem anticoncepcional

Oi amores !!!

Depois que comecei a abordar esse assunto, passei a receber muitas mensagens de meninas que também pararam ! 

Como eu já tinha dito, não tive grande dificuldades em retirar a pílula e creio que muito foi por conta de minha alimentação 100% vegana e hábitos saudáveis. Mas muita gente relata efeitos colaterais, como fortíssimas TPMs, cólicas e espinhas, que duraram por meses, até começar a regular os ciclos e diminuir os sintomas (sim muita paciência meninas!). 

E então, pela sincronia desse Universo, conheci a  Helo Carvalho do @blogheloitsme. Ela me contou que havia decidido parar de tomar pilula e tem Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) e que apesar de tooodas dificuldades (você vai conhecer melhor abaixo!), ela viu uma vida completamente diferente!

IMPORTANTE: Sempre faça uma avaliação com um profissional de confiança antes de tomar qualquer decisão! 

Então, deixo a palavra com a Linda Heloisa Carvalho e essa ruivisse poderosa !  

Minha vida colorida sem Anticoncepcional

Comecei a usar contraceptivos hormonais aos 18 anos, depois de uma consulta com minha ginecologista, optamos pelo adesivo. A escolha foi minha, pois eu tinha acabado de começar minha vida sexual, estava num relacionamento sério e morria de medo de engravidar. A médica não fez nenhuma objeção, não solicitou nenhum exame, não me explicou nada…E essa é a postura da maioria dos médicos. Anticoncepcional é tudo de bom, né? #SQN

Nos primeiros meses e anos de uso, eu achava incrível mesmo. Eu “menstruava” todo mês e não tinha aquelas dores horríveis, a pele estava menos oleosa, os pelos controlados… Pouco depois de começar com o anticoncepcional, também fui diagnosticada com Síndrome dos Ovários Policísticos e, apesar de não me informar que o anticoncepcional não seria necessário, a endocrinologista também não incentivou o uso. Por muito tempo tudo ia muito bem, com um combo de contracepção e sintomas da SOP controlados.

Depois de muitos anos de uso, comecei a perceber que alguma coisa não estava certa. Não sei explicar direito o que era, mas parecia que alguma coisa dentro de mim estava quebrada. Comecei a pesquisar mais sobre os efeitos do AC e sobre tratamentos para SOP e, finalmente, em maio de 2016 eu usei hormônios pela última vez!

Foi libertador! Em pouco tempo percebi melhoras significativas no meu humor, minha libido voltou com tudo (graças a Deus, rsrs), minhas celulites diminuíram drasticamente em poucas semanas… Digo sempre que minha vida com anticoncepcional estava em preto e branco e agora está colorida e em 4K.

Nesse tempo eu procurei me reconectar com meu feminino, pois eu tinha me distanciado muito dele, especialmente pelo fato de minha ginecologista ter dito que eu nunca engravidaria naturalmente – e ser mãe é um objetivo meu. Comecei a aprender sobre meu ciclo, observar as fases, o muco, a TPM…

Eu não vou dizer que tudo foi maravilhoso, porque eu tive muitas espinhas, os pelos aumentaram, tive muita cólica e um ciclo super intenso, mas mesmo assim eu fiquei muito feliz com a decisão! E o que me ajudou foi encontrar suporte de outras mulheres, tanto na vida real quanto virtual. Na mesma época comecei com a aromaterapia para me ajudar com a SOP e isso tem mantido meu ciclo bastante regular.

Helo do @bogheloitsme

O mais importante de interromper o uso de hormônios para mim, foi voltar a amar meu útero. Aposto que você conhece alguém que odeia a barriga ou o nariz, mas eu odiava meu útero, porque achava que ele era inútil… Hoje eu entendo a beleza desse órgão e como ele é importante na nossa essência de fêmeas humanas. Eu entendo o medo, eu entendo a dúvida e insegurança, mas nós podemos ser donas da nossa contracepção sem depender de hormônios sintéticos. Não desista nos primeiros ciclos, porque eles são um pouco difíceis, mas a recompensa vem logo!

Legenda de termos que podem aparecer por aqui:

AC = anticoncepcional  SOP = Síndrome dos Ovários Policísticos

Heloisa Carvalho :  Nascida e criada em Morretes, vim para Curitiba aos 18 pra tentar seguir meu sonho de ser musicista. Me formei, trabalhei, dei aulas… A profissão era mais difícil do que eu esperava e tive que mudar de rumo. Hoje sou funcionária pública, ainda moro em Curitiba, sou casada e uma forte usuária de redes sociais! Por isso acabei criando o blog pra poder compartilhar minhas experiências com o mundo.

@blogheloitsme

 

Comentários

Comentário

Já conhece o grupo exclusivo de performance #AtletaVeg?

Pri Kondo

Eu sou a Pri! Sou praticante de musculação há mais de 15 anos e minha história com esportes começou quando troquei as tardes de TV por atividades físicas variadas, já fiz capoeira, dança (das mais variadas) e atualmente sou apaixonada por pole dance. Por incrível que pareça, amo puxar um ferrinho ! Na minha trajetória, já passei por milhares de dietas...até que me dar conta, que a base da melhor alimentação está no equilíbrio mente, corpo e espírito! Meu processo de aprendizado me levou à consciência de que sou responsável em cuidar da nossa casa, nada mais que a Terra. A consequência desse processo foi a diminuição gradual do consumo de produtos de origem animal ! Assim como vocês estou no processo de aprendizado :) !

Website:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *